Contas a vida 360
Coaching Financeiro Finanças Pessoais

Qual é a importância da Educação Financeira? (porque realiza sonhos!)

Qual é a importância da Educação Financeira?

A Educação financeira só trás benefícios às famílias. A possibilidade de equilibrar as finanças, a preparação para o imprevisto e para a reforma e a redução da hipótese de cair em fraudes e sobretudo a possibilidade de realizar Sonhos. Exatamente! A importância da Educação Financeira é realizar os teus sonhos!

Tudo isto vai melhorar a tua qualidade de vida!

Já pensaste quais são os teus sonhos? E o que realmente precisas de fazer para realiza-los? A vida é feita de sonhos e a vontade de alcança-los é o que nos motiva para seguir em frente, em não desistir e ultrapassar todos os obstáculos.

O grande problema de muitas pessoas é que não sabem o que têm que fazer para torna-los realidade. Falta a visão clara do caminho que têm que percorrer desde o sonho à realidade. É preciso tornar os sonhos em PROJETOS.

O que são Projetos?

Projetos são formas de organizar as atividades e os recursos necessários para se atingir um objetivo. Os projetos têm um inicio, um meio e um fim e precisam de Planeamento. Consoante a dificuldade do projeto, este pode ser dividido em etapas ou metas. As pessoas que tornam os seus sonhos em projetos, são as que geram mais resultados.

Alguns passos para te ajudar a tornar os teus sonhos em projetos

1. Saber exatamente onde queres chegar 

Se é uma casa, pensa quantos quartos, onde será e quando pretendes morar nela. Se é uma viagem, determina o sitio, o tempo fora.. o que gostarias de fazer. Se o teu objetivo é morar sozinho, foca no onde, quando e como. Ao saber exatamente o que queres, fica mais claro e mais fácil realizar o teu sonho.

2. Interiorizar a visão de futuro com a realização do projeto

Imagina-te no futuro com o teu sonho realizado. Como te sentes? o que esse sonho te trás de bom? Uma visão de futuro ajuda a ultrapassar os obstáculos no caminho e a manter-te motivado.

3. Estabelecer metas claras e objetivas

Precisas pensar como vais realizar o teu sonho. Planeia cada passo de forma objetiva e divide por etapas para que sintas a realização de cada etapa alcançada. Mantém-te desafiado mas não coloques etapas impossíveis de alcançar. Coloca tudo em papel para teres uma visão mais clara do que tens que cumprir.

Exemplo: se o teu objetivo é sair de casa dos teus pais. Primeiro interioriza como será ter o teu próprio espaço. Depois estabelece o teu plano. Se precisas por exemplo de 1000€ para (renda+caução + essenciais para a casa) e mais no mínimo 3 meses do teu ordenado para emergências (vamos imaginar 1000€ de ordenado) precisas de 4000€. Se vives com os teus pais e consegues poupar por exemplo 500€ /mês precisas de 8 meses para alcançar o teu objetivo.

4. Estabelecer etapas intermédias 

Alcançar cada etapa dá-te o sabor de dever cumprido, sentes a realização do projeto cada vez mais perto. Uma forma de te manter focado e não desviares do teu objetivo principal é estabelecer metas mais pequenas que te ajudem e te mantenha na linha. Também é necessário reavaliar o teu plano ao longo do tempo para ponderar reajustamentos. O teu plano não pode ser rígido, tem que se adaptar às situações e imprevistos.

5. Compartilhar e comemorar as etapas intermédias

Ajuda a manter-te focado e animado. A cada meta é um passo mais próximo do teu objetivo e não tem mal nenhum comemorares com quem mais gostas o passo em frente. mas não em demasia. Atenção que quanto mais pessoas sabem da tua felicidade..mais hipóteses têm de tentarem estragar!

Educação Financeira é isto! É parar, pensar, alterar comportamentos e estabelecer objetivos para que controles a tua vida. Não que ela te controle a ti! O importante é reforçar que estás no caminho certo para a realização do teu sonho. Seguindo esses passos, vais aumentar e bastante as tuas hipóteses de  passar do posto de sonhador para o de realizador de sonhos. Experimenta!

Artigos Relacionados

Ultimo dia para Validar as Faturas no efatura!

Contas à Vida 360º

7 erros que quem procura a Independência Financeira não deve cometer

Contas à Vida 360º

Rendas de Quartos não entram no IRS

Contas à Vida 360º

Deixa um comentário